EXPORTAÇÃO SORRISO

Mercado externo de Sorriso dispara com crescimento de 178%

O salto no ranking nacional de exportadores se deve à grande venda de milho feita ao Irã
Terça-feira 30 de Outubro de 2018
Redação
Mercado externo de Sorriso dispara com crescimento de  178%
Foto: Reprodução

O município de Sorriso tem se destacado no quesito exportação. Os produtores rurais da cidade aumentaram suas exportações em 178% entre os meses de janeiro a setembro de 2018 na comparação com o mesmo período do ano passado. 

Com esses números, o Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC) mantêm a cidade como a maior exportadora de Mato Grosso e a elevam à 7ª maior exportadora do Brasil, à frente de cidades como Santos, em São Paulo, e Macaé, no Rio de Janeiro. 

Os valores exportados por Sorriso representam 33,7% do que Mato Grosso envia ao mercado exterior e deixam o município com um superávit de U$ 3,3 bilhões na balança comercial, que é o valor das exportações diminuído pelas importações, que recuaram 21% este ano, chegando a U$ 154 milhões.

O salto no ranking nacional de exportadores se deve à grande venda de milho feita ao Irã, que após romper o pacto nuclear com os Estados Unidos e sofrer sanções econômicas, buscou o mercado brasileiro. A soja, que no ano passado inteiro correspondia a 57% das exportações, teve uma redução de 41% nas vendas e passou a responder por 14% das vendas neste ano até setembro. O milho passou a brilhar e subiu de 35% em 2017 inteiro para 81% da participação nas exportações este ano, com uma variação superior a 1000%.

O destino dos produtos de Sorriso também mudou. Em 2017, 47% do que se produziu em Sorriso foi para a China, ao passo que este ano, 81% das vendas, ou U$ 2,9 bilhões, foram para o Irã, que, conforme se tornou o segundo maior parceiro comercial de Mato Grosso impulsionado pela negociação de milho.


COMPARTILHE NAS REDES SOCIAIS