Valor Bruto de Produção

VBP de Mato Grosso contabiliza R$ 69 bilhões em 2018

O VBP considera os volumes produzidos dentro das propriedades e os preços médios do período de análise, refletindo a renda gerada da porteira para dentro, tanto na agricultura como na pecuária.
Segunda-feira 15 de Outubro de 2018
Redação
VBP de Mato Grosso contabiliza R$ 69 bilhões em 2018

Dados do  Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea) apontam que o Valor Bruto da Produção Agropecuária (VBP) de Mato Grosso em sua quarta estimativa, teve alta de R$ 68,92 bilhões, aumento de 2,3% no comparativo com o levantamento anterior. O VBP considera os volumes produzidos dentro das propriedades e os preços médios do período de análise, refletindo a renda gerada da porteira para dentro, tanto na agricultura como na pecuária. 

O VBP da agricultura, que apresentou um leve avanço ante a terceira estimativa, teve sua participação reduzida sobre o VBP total, saindo de 78,7% para 77%. Este fato ocorreu em virtude da queda no VBP do algodão, que vislumbrou um preço médio ponderado da safra menor, apesar da elevação na estimativa de produção. 

Já o VBP da pecuária teve sua participação aumentada sobre o VBP total, saindo de 21,3% na última estimativa para 23% na estimativa atual. O grande destaque na pecuária foi a bovinocultura de corte, que revelou alta de 12,2% no VBP, ocasionado pelo maior abate de bovinos nos últimos três meses, se comparada as previsões do instituto, e certa estabilidade nos preços recebidos pelo produtor. 

As principais variações positivas, como pontuam os analistas, na agricultura ocorreram nas culturas do milho e produtos florestais, que tiveram suas produções revisadas para cima. No algodão, apesar do aumento da produção, o preço médio ponderado da safra esteve abaixo do último levantamento, impactando na queda de seu VBP. 

No VBP da Pecuária, a quarta estimativa para 2018 revelou um avanço de 10,4% perante a última previsão e aumento na participação sobre o VBP total. Este fato ocorreu devido o “peso” da bovinocultura de corte que teve um maior abate de bovinos nos últimos três meses. 

Outras atividades como a avicultura e a bovinocultura de leite também apresentam variações positivas, 8,1% e 3,1%, respectivamente. Na avicultura, o aumento do abate e peso médio das aves foram fatores preponderantes para o crescimento do VBP nesta estimativa. Já na bovinocultura de leite, apesar da diminuição da oferta, os melhores preços recebidos pelos produtores mantiveram o desempenho positivo no VBP. 


COMPARTILHE NAS REDES SOCIAIS