Expectativa Positiva

Mercado financeiro projeta expectativa positiva na nova equipe econômica de Bolsonaro

"O mercado hoje ao longo do dia foi entendendo que a equipe está agora formada com bons nomes, o que tira aquele ruído de quem fica ou quem sai", diz especialista
19-11-2018
Fonte: Redação
Foto: Reprodução

As eleições deixaram a economia apreensiva em outubro. Mas agora, com a definição dos nomes-chave da equipe econômica no governo de Jair Bolsonaro o mercado financeiro projeta expectativa positiva, tanto é que o dólar na semana passada foi cotado abaixo dos R$ 3,75.

O giro foi considerado muito bom para uma sessão cravada entre o feriado e o fim de semana, com alguns vencimentos movimentando volume acima da média dos últimos 30 dias. 

O Depósito Interfinanceiro (DI) para janeiro de 2025, por exemplo, girou 109.875 contratos, enquanto a média dos últimos 30 dias é de 80 mil. A taxa deste DI fechou em 9,69%, de 10,13% no ajuste anterior. 

O DI para janeiro de 2020 fechou com taxa de 6,89%, de 6,947% no ajuste de quarta-feira, e a do DI para janeiro de 2021 caiu de 8,043% para 7,91%. O DI para janeiro de 2023 terminou com taxa de 9,16%, de 9,403%.

As taxas estiveram em queda desde a abertura, tendo atingido as mínimas à tarde, na medida em que o dólar se enfraquecia ainda mais ante outras divisas e os juros dos Treasuries também iam às mínimas.

No Brasil, a semana tem sido marcada pelo anúncio de vários nomes que vão compor a equipe do futuro ministro da Economia, Paulo Guedes, e que têm agradado. Nesta sexta-feira, a novidade foi a informação de que o atual diretor de Política Econômica do Banco Central (BC), Carlos Viana de Carvalho, chegou a um entendimento para permanecer no cargo "por tempo considerável". 

Com isso, após o anúncio de que Joaquim Levy vai assumir a presidência do BNDES, de que Roberto Campos Neto foi indicado para presidir o BC e de que Mansueto Almeida vai continuar à frente do Tesouro, a percepção é de que "a gestão será bastante profissional", nas palavras do estrategista de renda fixa da Coinvalores, Paulo Nepomuceno. "Parece que vão mesmo segregar a política da parte econômica", completou.

Para o diretor de Gestão de Renda Fixa e Multimercados da Quantitas Asset, Rogério Braga, a semana se encerra com o fim das dúvidas sobre os nomes, o que reduz desconfortos. "O mercado hoje ao longo do dia foi entendendo que a equipe está agora formada com bons nomes, o que tira aquele ruído de quem fica ou quem sai. A manutenção do Viana foi muito boa, com a troca de Ilan por alguém bem respeitado. Esse combo, que começou com Levy, encerra as indefinições no mercado por enquanto", disse.

COMPARTILHE NAS REDES SOCIAIS

CADASTRE-SE PARA RECEBER NOTÍCIAS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS



FINANÇAS PESSOAIS