13° SALÁRIO

Como usar o seu décimo terceiro com sabedoria para não faltar

Para você se livrar das dívidas, é preciso saber como fazer seu 13º render e administrá-lo da maneira correta
04-12-2018
Fonte: Redação
Foto: Reprodução

Com essa época de crise muita gente está sonhando com o 13º salário como salvador de dívidas. Só que a primeira parcela já foi paga e nem com a segunda será o suficiente para muitas pessoas quitarem todos os seus débitos. Então veja dicas de como fazer esse dinheiro extra equilibrar a sua vida financeira.

Muitas pessoas acabam não conseguindo se organizar financeiramente no final do ano, pois não usam esse benefício com sabedoria. Afinal de contas, sempre bate aquela vontade de usar esse dinheiro extra nas férias, ou para fazer umas comprinhas.

Mas, para você se livrar das dívidas, é preciso saber como fazer seu 13º render e administrá-lo de maneira correta. E para lhe ajudar, o MT Econômico traz para você essa publicação com algumas dicas:

1.    Faça um levantamento completo da sua vida financeira atualmente

A primeira coisa que você precisa fazer é um levantamento da sua vida financeira atual.

Quanto você tem de dívidas? Quais são as maiores? E o valor dos juros?

Assim ficará mais fácil saber o que é preciso fazer para o seu décimo terceiro render e quitar suas dívidas.

2.    Negocie as dívidas

Para quitar as suas dívidas você precisa negociar! Muitas vezes é possível diminuir o valor drasticamente, principalmente se o pagamento for feito à vista.

Tentar apenas parcelar sem negociar não é o melhor caminho, pois podem haver juros embutidos nas parcelas, o que muitas vezes torna o valor final da dívida maior até que o seu décimo terceiro.

Então, trate de ligar para as empresas especializadas em negociação e tente negociar tudo. O ideal é começar pelas dívidas maiores e com mais juros.

3.    Separe 30% do seu 13° para o próximo ano

Outra dica para fazer seu décimo terceiro render é guardar pelo menos 30% dele. Esse valor vai para as compras de fim de ano? NÃO! Ele será destinado para os gastos do ano que vem.

Lembre-se que começo de ano é sinônimo de gastos como IPVA, IPTU, material escolar paras as crianças, renovação de seguros entre outras despesas.

Por isso, separe 30% do seu 13° para conseguir suprir as despesas do início do ano que vem.

Como organizar suas finanças para as férias de fim de ano

4.    Invista o que sobrar

Se você seguiu todas as dicas anteriores, provavelmente, sobraram os 30% do seu décimo terceiro salário e talvez mais um pouquinho porque você renegociou suas dívidas com sucesso.

Não gaste esse dinheiro e nem guarde na poupança. Invista em algum fundo ou título de baixo risco.

5.    Moderação sempre

Por fim, a última dica sobre como fazer seu 13º render é sempre ter moderação ao usá-lo. Muita gente já faz compras na metade do ano pensando nesse salário adicional. Ou pega o valor em mãos e esquece das dívidas já existentes.

O ideal é que você faça um levantamento das suas finanças e primeiro quite tudo. Assim, no próximo ano você terá mais tranquilidade.

Viu como fazer seu décimo terceiro render não é difícil? Tudo é uma questão de planejamento.

COMPARTILHE NAS REDES SOCIAIS

CADASTRE-SE PARA RECEBER NOTÍCIAS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS



FINANÇAS PESSOAIS